Mundo das Ciências

Jardim Zoológico de Lisboa

Posted on: 24/08/2009

Vou contar-vos um segredo…

Parece mentira mas com mais de três décadas de existência… eu nunca tinha ido ao Jardim Zooológico de Lisboa. Nunca se tinha proporcionado… Já tinha ido duas vezes a um Jardim Zoológico alemão, teria eu os meus 4 anos e vinte anos mais tarde, surge a oportunidade de o voltar a visitar. Mas de facto, o de Lisboa que estava aqui bem mais perto demorou bastante mais tempo a ser visitado. Coisas da vida.
Pois então, ontem, finalmente, chegou o grande dia.
Demorou a chegar mas valeu muito a pena. Está um espaço bastante bonito e aprazível e com um cariz bastante educativo. Na minha opinião um local muito interessante para se passar o dia com a família ou simplesmente para namorar. Infelizmente o cansaço não me permitiu desfrutar do passeio como gostaria pois a pernoca já tinha feito uma bela caminhada pela Serra de Montejunto no dia anterior. E ainda dizem que quem corre por gosto não cansa. Ai não que não cansa.

O ponto alto do dia, é claro, que foi o espectáculo dos golfinhos, como não poderia deixar de ser, ou não fossem eles os belíssimos animais que são.

Baía dos golfinhos

Houve também quem tivesse adorado o beijinho do leão-marinho, que segundo dizem tem um fantástico aroma a peixe.

Os okapis são também uma pequena maravilha a admirar. Para quem não sabe os okapis são uma mistura natural de três animais: girafa, veado e zebra e constituem uma das mais interessantes descobertas zoológicas do século vinte. É um dos últimos grandes mamíferos africanos a ser descrito pela ciência.

Okapi no Zoo de Lisboa

É um herbívoro ruminante que habita as florestas equatoriais do Nordeste e Centro-leste da República Democrática do Congo, mas estima-se que também possa ocorrer no Oeste do Uganda. Em virtude de terem sido descobertos apenas em 1901 e do seu habitat serem florestas de difícil acesso muito há ainda para descobrir sobre esta espécie no que diz respeito à sua biologia e ecologia.

Okapi

Visitem o Jardim Zoológico. As entradas são um pouco dispendiosas para um orçamento familiar mas se pensarmos bem na manutenção diária que esta estrutura requer, percebemos que não pode ser de outro modo. Mas estejam atentos porque há várias formas de se adquirirem bilhetes com descontos.

Mas quando visitarem não poluam o espaço e respeitem as normas estipuladas como, por exemplo, não dar comida aos animais. E não dispensem o passeio de teleférico. E digam lá que eu não apanhei os animais numas belas poses… Fantásticos!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Diversos

Blog Stats

  • 29,473 hits
%d bloggers like this: